SpeelgoedSpeelgoed

Ajuda: meu filho descobriu a Internet, e agora?

Help: mijn kind heeft het Internet ontdekt, wat nu?

As crianças estão entrando em contato com a Internet cada vez mais cedo. Os mais pequenos brincam muito com tablets, celulares e computadores. Não é surpreendente quando se considera que o mundo está ao nosso alcance graças à rede mundial de computadores. A pesquisa mostra que o tempo de tela está aumentando em crianças pequenas. E mais tempo de tela pode significar apenas que seu pequeno aventureiro também embarcará em uma jornada online de descoberta. Quais são os prós e os contras do uso da Internet e como você pode lidar com isso como pai? Você pode ler neste blog.

Os benefícios da internet para as crianças

A internet é um lugar onde o mundo está ao seu alcance. Com um clique do mouse, seu filho pode encontrar informações sobre qualquer assunto. Por exemplo, a Internet oferece numerosos websites interactivos de aprendizagem e diversão que promovem competências como a linguagem, a aritmética e a leitura. Cada vez mais escolas estão usando essas ferramentas úteis para ensinar as crianças. Além disso, seu filho pode entrar em contato com um grande número de pessoas. Seu filho já fala sobre Enzo Knol ou MeisjeDjamila? Isso não é exceção, porque estes YouTubers são muito populares entre os jovens. Com cerca de 2,8 milhões de assinantes, você pode entrar rapidamente em contato com muitas pessoas diferentes por meio do canal de Enzo Knol no YouTube. Depois de assistir a um vídeo, role para baixo e você chegará a uma seção de comentários bem preenchida.

Você sabia que a Kadoing também tem seu próprio canal no YouTube com Blogs de Animação e Músicas Infantis?

Os riscos da internet para as crianças

A Internet não é apenas uma questão de longevidade. Isso significa que seus filhos também estão em risco. O uso excessivo da Internet é prejudicial à saúde do seu filho. Devido ao aumento do tempo de tela, as crianças se exercitam cada vez menos. É claro que isso é prejudicial à saúde física. O uso excessivo da tela também causa cansaço visual e podem ocorrer problemas de sono se as crianças olharem muito para computadores ou smartphones à noite. Além dos riscos para a saúde, o seu filho também corre o risco de encontrar conteúdo impróprio ou inseguro. Isto pode ter efeitos adversos na condição mental e espiritual do seu filho, o que pode influenciar negativamente o seu filho e fazer com que ele se torne inseguro ou exiba um comportamento inadequado. Dado que muitas vezes não é fácil para as crianças compreenderem os riscos, elas são vulneráveis ​​ao cibercrime ou ao comportamento de intimidação online. Abrir um link inseguro ou enviar uma foto pode rapidamente ter consequências desagradáveis ​​para nossos filhos e para nós mesmos.

5 dicas para ajudar seu filho a navegar na internet com segurança

A internet é um lugar lindo, mas também arriscado para se aventurar. Felizmente, como pai, você pode fazer muito para reduzir os riscos para o seu filho. Com essas cinco dicas você pode evitar um clique na página errada.
  1. Garanta o uso controlado: Faça acordos claros com seus filhos sobre os horários em que eles poderão usar a Internet. Por exemplo, faça isso quando você, como pai, puder ficar de olho no que seu filho está fazendo.
  2. Ensine aos seus filhos quais os riscos que correm: Converse com os seus filhos sobre os riscos do comportamento online. Isso pode ser um pouco mais difícil para os mais pequenos. O controle dos pais é mais importante para eles. A partir dos sete anos você pode facilmente explicar que eles nunca têm permissão para abrir links ou enviar fotos.
  3. Incentive atividades off-line: Ao brincar regularmente ao ar livre com seus filhos ou fornecer brinquedos alternativos, você aumenta a chance de seu filho passar menos tempo navegando na Internet. Por exemplo, ao construir uma torre externa com blocos de madeira, seu filho pode ficar ocupado sem precisar de uma tela. E sem internet significa menos tempo de tela. Uma situação em que todos ganham.
  4. Ferramentas de controle parental: navegadores de Internet e empresas de informática como Microsoft, Google e YouTube estão cada vez mais incorporando ferramentas em seus softwares de controle parental. Essas opções podem, por exemplo, bloquear sites específicos ou limitar o uso diário. Por exemplo, você tem o YouTube Kids para que, como pai, possa manter o controle sobre o que seu filho pode assistir ou ver.
  5. Seja consistente: os filhos geralmente seguem o exemplo dos pais. Se você não passa muito tempo no computador na presença de seus filhos, eles farão o mesmo. Por exemplo, você pode optar por brincar ativamente com seu filho.

Como você mantém seu filho seguro na internet?

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários necessitam de ser aprovados antes de serem publicados.

SpeelgoedSpeelgoed
Descubra no Bol.com